É no verão que uma empresa se beneficia ainda mais da venda de picolés. Este produto pode ser uma fonte de renda extra ou mesmo, a sua principal. Aproveite que na estação quente, o consumo do alimento aumenta, para ajudar a refrescar o calor. Trata-se então de uma oportunidade com perspectiva no mercado de sorvete para que o seu empreendimento consiga lucrar ainda mais. 

Alimento de fácil consumo, os picolés atendem todos os nichos de mercado e são favoritos pelos brasileiros em todos os lugares. Você sabe como vender mais picolés no verão? Listamos neste post 10 dicas para ajudar!

1. Invista em novidades 

Sua produção provavelmente conta com sabores clássicos. Eles são sempre procurados pelos consumidores e, quando não estão disponíveis, fazem falta. Isso não significa que a inovação deve ser negligenciada pelo estabelecimento. 

É sempre uma boa ideia criar sabores, permitindo que a marca atraia públicos distintos (e agrade também aqueles que já frequentam o local). Pense em sabores de frutas exóticas, a remoção da lactose dos picolés tipicamente produzidos com leite ou introdução de novas coberturas aos produtos. 

2. Aposte nos picolés naturais 

Picolés naturais e artesanais estão fazendo um grande sucesso entre o público. É sempre possível utilizar frutas para desenvolver alimentos diferenciados, mas há algumas outras novidades que têm feito sucesso com os clientes. 

Os picolés baseados em frutas regionais costumam agradar bastante os visitantes. Todavia, eles não precisam ser vendidos exclusivamente em uma cidade ou estado. É uma boa ideia utilizar alimentos que são pouco comuns na sua região. 

Eles podem ser mais difíceis de serem encontrados nas lojas perto da sua, o que atrai novos clientes, ansiosos para provar a novidade. 

3. Inspire-se em sabores de outros alimentos 

Uma excelente maneira de criar picolés especiais é inspirando-se em outros alimentos já populares. Brigadeiro, iogurte grego, mousses e sobremesas, a exemplo de Romeu e Julieta e torta de limão, são apenas algumas ideias. 

Os picolés que a sua loja comercializa devem ter tudo a ver com o conceito dela. Empresas que se destacam por vender também outras sobremesas, como o açaí e os bolos com sorvete, podem reproduzir os sabores desses alimentos na hora de fabricar picolés. 

4. Crie promoções para vender picolés 

As promoções são formas estratégicas de fazer com que mais pessoas visitem a sua loja. Há uma série de modelos desse tipo de divulgação, amplamente utilizados por negócios de todos os setores, inclusive sorveterias. 

Cartões de fidelidade, nos quais os consumidores acompanham quantos produtos consumiram e, ao completar uma cartela, recebem um prêmio, são um deles. Não é preciso comprar todos os dias para ganhar prêmios, apenas acumular uma boa quantidade de picolés. 

Outra boa ideia de promoção é definir um produto do dia. A sua empresa divulga em que dia da semana um sabor custa um preço mais em conta, e os clientes têm um motivo a mais para visitar o estabelecimento. 

Promoções como “pague 10 e leve 12” também funcionam bem com picolés. Além disso, criar um relacionamento com outras marcas, que ficam próximas à sua loja, é uma iniciativa de grande ajuda. Se há um restaurante por perto, as pessoas podem obter um desconto especial caso comprem uma refeição. 

Ainda há a possibilidade de criar produtos com palitos premiados. Aquelas promoções nas quais o cliente tem a chance de ganhar outro picolé são muito atrativas e podem trazer novos visitantes para a sua loja! 

5. Tenha um planejamento para vender picolés 

O planejamento deve fazer parte de qualquer área de uma empresa, pois é necessário acompanhar os números de vendas para que se possa fazer previsões e comparações dos resultados obtidos. Ao elaborar o plano de vendas determine: 

  • as metas de venda a serem alcançadas; 

  • escolha uma estratégia para atingir seu público; 

  • crie táticas de vendas para seus colaboradores; 

  • motive a equipe; 

  • faça um orçamento e mantenha-se nele; 

  • estabeleça métricas objetivas; 

  • revise e analise o desempenho periodicamente para saber onde é preciso melhorar. 

O planejamento de vendas é dividido em duas partes: o estratégico e o operacional, assim para fazê-lo leva-se um tempo. Opte por um plano gradativo como um planejamento anual que ao passar dos meses perceberá que ele se tornará mensal, bimestral ou trimestral. Tendo estas informações em determinado período poderá verificar o que deu certo ou errado, consertar e melhorar o que foi afetado e criar novos desafios. Desta forma, poderá alavancar os seus negócios. 

6. Compreenda a importância de contar com boas máquinas  

Para que seu picolé tenha diferencial e qualidade é preciso saber escolher as melhores máquinas, ainda mais se pensa em uma linha de produção para atender outros estabelecimentos. Porém, se a empresa fornecerá picolés somente para um local a aquisição poderá ser menor. O empreendedor iniciante pode comprar o Kit 200 da Finamac que traz em seu conjunto: 

  • liquidificador/emulsor Mixer 15, com capacidade de oito litros de picolés por batimento; 

  • produtora de picolés Turbo 8, para base de água ou leite e seu tamanho não ocupa muito espaço; 

  • desenformador com banho-maria para derreter caldas de chocolate e para retirar os picolés rapidamente; 

  • seladora de embalagens para picolés, com capacidade para 20cm de selagem e barragem de metal. 

Esta pequena fábrica tem capacidade de produzir de 200 a 250 picolés por hora podendo fazer vários sabores ou um único. O importante é identificar o nicho de mercado para atuar, sendo picolés naturais, sem lactose, frutas regionais etc. 

Invista em máquinas que vão atender às suas necessidades 

A Finamac desde 1985 revolucionou o mercado de sorvetes com o projeto de uma produtora compacta de picolés, inédita. Desde então, as máquinas são produzidas com modernas tecnologias em design, construção mecânica, simulação e fabricação, tudo testado por institutos de pesquisas nacionais e internacionais, recebendo garantia de qualidade e aprovação técnica. 

O resultado de tanta inovação está na detenção de 40 patentes no setor e com engenheiro credenciado pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. Sempre seguindo as normas sanitárias e de segurança internacional. 

Por isso, a Finamac consegue atender as necessidades dos clientes por suas máquinas de sorvetes, picolés e açaí serem de alta tecnologia, resistentes, duradouras, de fácil manutenção e manuseio. Além de fabricarem os equipamentos, a empresa tem o propósito de profissionalizar e reciclar o empreendedor na produção de seu produto. 

7. Preocupe-se com a embalagem 

Você já comprou um produto apenas porque gostou da embalagem? Essa ação é comum, principalmente entre parcelas específicas do público. Os designers, por exemplo, estão muito propensos a adquirir um novo alimento por simpatizarem com uma embalagem. 

Mesmo se quem consome seus produtos não tem esse hábito, um material atraente chama muita atenção. Se ele exibe, de forma clara, o logotipo e a identidade visual da empresa, torna-se também uma maneira de promover o negócio. Quanto mais os usuários o veem, maior é a chance de que se lembrem do estabelecimento. 

Tudo isso faz com que vender picolés no futuro seja fácil. Afinal, quem está localizado perto do empreendimento preferirá adquirir de uma loja já conhecida do que de concorrentes. 

8. Venda fora da loja 

Para ampliar as vendas da sua sorveteria no verão, o melhor é estar próximo às pessoas. Por mais que o ponto da empresa seja bem localizado, isso não quer dizer que investir na venda em outros espaços não seja necessário. 

Se você está em uma cidade de praia, perto de um parque ou em qualquer área com grande circulação de pessoas nessa estação, colocar um food-truck ou investir nos clássicos carrinhos de picolé é essencial. Eles permitirão que o empreendimento leve o produto para qualquer lugar e o ofereça a novos clientes. Com essa ajuda, o picolé vai se tornar uma iguaria irresistível. 

Ter o trabalho de ir até uma sorveteria, em determinadas situações, desmotiva os clientes de adquirirem o produto. Principalmente se estiverem se divertindo em atividades, como tomar sol. 

Quando o picolé vai até eles, porém, resistir é muito mais difícil. Se conseguir oferecer outras formas de pagamento, como o recebimento de cartões, as hipóteses de vender mais aumentam. 

9. Aposte em redes sociais

Seu negócio já utiliza as redes sociais? Elas são uma oportunidade e tanto de exibir os produtos para os clientes e convidá-los a visitar uma loja ou quiosque. O Instagram e o Facebook, muito utilizados pelo público nacional, são boas mídias para iniciar a divulgação dos palitos de sorvete. 

Criar material todos os dias e divulgar muitas fotos dos seus produtos também ajuda. É isso que vai fazer com que mais pessoas conheçam a marca e se interessem por provar os sabores mais consumidos por ela oferecidos. 

10. Acompanhe os resultados 

Como em qualquer outra iniciativa voltada a vender mais produtos, é preciso acompanhar os resultados. Só dessa forma a empresa conseguirá verificar quais das iniciativas funcionaram melhor e saberá exatamente no que investir nos anos seguintes. 

Armazenar informações sobre como uma promoção, ou novo sabor, foram recebidos pelos clientes permitirá atuar com mais sucesso no futuro. Assim, a empresa consegue reproduzir o aumento de vendas em outras ocasiões e estações do ano

O picolé é muito popular entre os brasileiros e, por se tratar de um produto de baixo custo, é um dos mais comercializados no país. Entretanto, apostar nas estratégias corretas é o que vai ajudar de fato a vender picolé nesse período. 

E aí, o que achou das dicas que mostramos aqui para a sua empresa vender picolé no verão? Se gostou, aproveite para baixar o e-book “Receitas de Picolé” e comece logo sua produção!

Powered by Rock Convert