Se você está planejando vender sorvetes ou picolés, provavelmente tenha dúvidas sobre quais equipamentos para sorveteria mais indicados para a sua produção.

Pensando na importância desse processo de escolha, trouxemos dicas que vão contribuir para sua aquisição. Confira!

Definindo o modelo de negócio

O primeiro passo é definir se você terá um ponto de venda, uma fábrica para fornecer em caixas, baldes e potes e se pretende abastecer vendedores ambulantes. 

Outro detalhe importante é definir qual tipo de produto a ser produzido. Pode ser sorvete, açaí, picolé, sorvete soft expresso ou gelato.

Analise qual equipamento é indicado ao seu negócio

Para saber qual equipamento é aconselhável para o seu negócio, considere o tipo de sorvete que irá produzir, capacidade de produção, se o sorvete será artesanal ou industrial.

Mixer 15

Esse equipamento é um aerador/emulsor de misturas para sorvetes e picolés. Após separar todos os ingredientes da receita, eles devem ser misturados no Mixer 15, antes de serem colocados na produtora.

Principais benefícios:

  • capacidade de até oito litros em batimento;
  • tem hélice responsável pela homogeneização das misturas para sorvetes e picolés, mesmo com utilização de gordura;
  • possui incorporação de ar de 10 a 20% que deixa a massa macia e torna sua venda rentável.

Pasteurizador

Conhecido como pasteurizadora de alta eficiência para sorvetes e picolés. Um dos equipamentos para sorveteria imprescindível para quem pretende distribuir seus produtos, proporcionando maior tempo de estocagem e garantia de qualidade, além de atender a legislação vigente RDC 267 – ANVISA.

Principais benefícios:

  • consiste no aquecimento da mistura em até 75° para depois resfria-la a, no máximo, 4°;
  • elimina bactérias que podem estar no leite, ovos e em outros ingredientes;
  • proporciona uma mistura com mais ar e estabilizadores, deixando o produto cremoso e com maior durabilidade;
  • capacidade de 40 a 60 litros de calda, com qualidade de sorvete industrial.

Máquina de picolé

A produtora de picolés é semiautomática e fabrica picolés à base de água e de leite, açaí com muita qualidade e economia. Monofásica residencial ou comercial é bem prática, ocupa 40% de um ambiente. Com um curso básico de fabricação de picolés você já pode começar sua produção. É um investimento de menor valor, porém, possui alta taxa de retorno.

Principais benefícios:

  • investimento baixo e lucratividade alta Produção a partir de 200 picolés/hora; 
  • máquina segura, possui selo de certificação do Inmetro; 
  • funciona com energia elétrica monofásica residencial ou comercial.

Produtora descontínua

Para produção de sorvetes e de açaí artesanal, em menores quantidades existem as produtoras econômicas.

Principais benefícios:

  • operam por meio do processo descontínuo, ou seja, por batida;
  • incorporação de até 70% de ar (dependendo da receita);
  • indicadas para a fabricação de sorvete e açaí artesanal entre 60 e 120 litros/hora. 

Produtora e pasteurizadora de gelato

A Ice Clean, a primeira produtora de gelato com controle inteligente de textura, é o resultado da observação e estudo de muitos anos. Chegou para quebrar de vez a mesmice em que se encontram os atuais equipamentos para pasteurização e produção do gelato.

Principais benefícios:

  • pasteurização e produção em um único equipamento. Um cilindro superior para aquecimento da mistura e um cilindro inferior para batimento e congelamento do gelato;
  • design inovador;
  • redução do tempo de congelamento;
  • camadas que ficam na parede do cilindro são misturadas à parte líquida para melhor aproveitamento.

Máquina de Sorvete Expresso

Também pioneira no mercado, a máquina de sorvete soft ou expresso com até 100% de incorporação de ar e sem alavancas é direcionada para sorvetes feitos na hora. Como aqueles produzidos pelas redes de fast food. Sua mistura já vem pronta, podendo ser feito sorvete tradicional de chocolate, creme, meio a meio, açaí, iogurte, milk shake, entre outros. O operador da máquina não precisa ser especializado, e a máquina pode ser instalada até na rua.

Produtora contínua de sorvete aerado

Este é um dos equipamentos para sorveteria mais indicados para produzir com alta incorporação de ar e produções industriais com envase automático. A produtora contínua de sorvete aerado é recomendada para quem quer produzir em grande escala.

Principais benefícios:

  • incorporação de ar de até 110%;
  • possibilidade em conectar misturadores de frutas, dosadores, máquinas para envase de copos, sundae, cones e potes;
  • facilidade na limpeza;
  • agilidade na operação;
  • economia de energia;
  • segurança para quem irá operar.

Produtora contínua tripla

A máquina produtora contínua tripla com capacidade de 450 a 600 litros/hora, permite produzir sorvetes com até três sabores, como o napolitano, por exemplo.

Principais benefícios:

  • alta incorporação de ar, regulável entre 50% e 110%;
  • toda sua operação é eletrônica;
  • possui controle da velocidade de bomba;
  • seu acionamento é feito por inversor de frequência;
  • possui controle de corrente do motor, indicação e pressão do cilindro;
  • refrigeração tropicalizada com gás ecológico;
  • facilidade na limpeza através da entrada e saída de calda na frente da máquina.

Este equipamento oferece grande lucratividade, devido à incorporação de ar no sorvete, com a aeração e alta pressão no batimento. Toda essa tecnologia é responsável por melhorar a textura do sorvete, agregando na qualidade no produto.

Incorporador de sólidos

Incorporador de ingredientes sólidos em sorvetes permite que a massa seja batida com frutas, caramelo, nozes, chocolate quente ou em flocos e até castanhas.

Principais benefícios:

  • o sorvete é colocado em uma produtora contínua; 
  • o sólido é inserido em um reservatório;
  • misturador introduzirá o ingrediente continuamente na massa sem triturá-lo;
  • ambos ingredientes são misturados por uma hélice giratória vertical antes de irem para o envase.

Incorporador de caldas e frutas

Antes de existir este equipamento, as fábricas enfrentavam um desafio para adicionar polpa de morango, xaropes, caramelo de forma homogênea no sorvete. Com essa máquina, é possível oferecer sabores novos sem ter muito trabalho, de modo a complementar o cardápio de qualquer estabelecimento.

Torre de resfriamento

A torre de resfriamento de água para sorvete e picolé é um dos equipamentos para sorveteria primordial para eliminar o calor das máquinas, para que não perca sua eficiência ou interrompa seu funcionamento. 

Principais benefícios:

  • o processo ocorre através de um fragmentador de água quente que faz o fluxo de ar resfriar em contra corrente;
  • a água quente gerada da máquina é pulverizada e resfriada por um ventilador potente;
  • a água quente volta à máquina com temperatura fria.

Envasadora e embaladora

A embaladora de picolés, bombons e balas atinge a produção de cinco até 12 mil unidades/hora, além de 80 embalagens por minuto.

Principais benefícios:

  • fabricada com dois motores de corrente alternada;
  • redutora de velocidade separada; 
  • partes que terão contato com o produto são rígidas e feitas em aço inoxidável.

Há também a envasadora para encher, fechar e rotular recipientes de sorvetes, que enche os potes na medida certa, conforme a embalagem, que pode ser cone, copos de sundae, potes diversos até meio litro. Já vem com dispensadores automáticos e tampas. Um incremento é o dosador de chocolate, coberturas e granulados.

Critérios para a escolha de equipamentos

Independentemente de qual seja o tipo de equipamento, algumas dicas devem ser consideradas:

  • dê preferência para uma indústria estabelecida no mercado e que exporte os seus equipamentos para sorveteria, assim você terá certeza de que a empresa possui certificação do Inmetro e da Comunidade Europeia, demonstrando boa infraestrutura;
  • opte por equipamentos que tenham temperatura entre -10° ou -11°, para que o sorvete fique bem gelado, mas sem congelar; 
  • verifique se a máquina produz um sorvete bem fino e cremoso;
  • escolha equipamentos que contam com sistema de economizador de energia e incorporação de ar e produção;
  • caso você venda açaí, não esqueça que a máquina tem de ser resistente à abrasividade da fruta.

Como sabemos, o mercado de sorvetes e picolés possui grande espaço para ser explorado, além de não exigir alto valor de investimento.

Se você está pronto para investir nesse negócio, entre em contato com nossa empresa que daremos todas as explicações necessárias para que encontre os melhores equipamentos para sorvetes!

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert