Um dos ramos mais atrativos para se empreender hoje no Brasil é o de alimentos e bebidas. Esse sucesso entre empresários novos e veteranos se dá, entre outras coisas, pela facilidade e o relativo baixo custo de se montar um pequeno restaurante, por exemplo, bem como pela alta demanda do mercado.

Entretanto, mesmo com esses fatores favoráveis, é importante ter em mente que mesmo um negócio com potencial de sucesso pode fracassar sem uma boa gestão, um plano de negócios sólido e investimentos centrados no sucesso da empresa.

Para ajudar você a ingressar com o pé direito no mercado de alimentação preparamos esse material exclusivo.

Aqui você encontrará informações sobre como planejar seu negócio e escolher a máquina de sorvete ideal para sua empresa. Confira!

Por que investir em sorvetes?

Sendo um país de clima majoritariamente tropical, o Brasil costuma ter temperaturas quentes na maior parte do ano, o que acaba ditando nossa preferência por sobremesas doces e refrescantes.

O sorvete, portanto, aparece como uma das sobremesas favoritas do brasileiro, sendo consumido por pessoas de praticamente todas as idades e de todas as camadas sociais. Nos últimos anos a chegada de tecnologias e produtos diferenciados — como as paletas mexicanas, os sorvetes do tipo gelato e os sorvetes montados na chapa — pegaram carona nesse sucesso e impactaram o setor.

Ao investir em uma sorveteria, você aproveita um mercado já consolidado no gosto nacional, capaz de trazer o retorno sobre o investimento entre 3 e 6 meses, no caso dos picolés, ou entre 8 meses e 1 ano, quando falamos em sorvetes.

Os tipos de sorvete existentes no mercado e as máquinas para produzi-los

Como vimos, existem hoje no mercado técnicas diferentes para a produção de sorvetes, cada uma com resultados diferentes que podem atender a públicos específicos.

Abaixo, você conhecerá os principais tipos de sorvete que você pode produzir, bem como as máquinas de sorvete necessárias para organizar sua produção, custos e expectativas de lucro.

Sorvete tipo massa

O sorvete do tipo massa é um dos tipos mais tradicionais, sobretudo no mercado nacional. Trata-se do produto vendido em potes, como aqueles que encontramos em supermercados, farmácias e lojas de conveniência, por exemplo. Costuma ter muito sucesso entre famílias devido seu volume, que permite que sejam servidas várias porções.

Para a produção de sorvete em massa, sugerimos a combinação dos equipamentos Mixer 15 e Pro 4.

A  máquina de sorvete Pro 4, é um equipamento de produção de sorvetes à base de leite (como chocolate, morango e baunilha) ou de água (como limão, abacaxi e maracujá).

Entre as vantagens da Pro 4 se destacam:

  • produção de até 80 litros por hora, sendo 12 litros por batida;
  • partida e desligamento suaves do equipamento, o que prolonga sua vida útil e gera economia de energia de até 20% em relação à concorrência;
  • entrada frontal de ingredientes, possibilitando ganhos em ergonomia e qualidade de trabalho, além de facilitar consideravelmente a produção de sorvetes artesanais, com ingredientes naturais diversos;
  • produção do sorvete em poucos minutos, o que impede a formação de cristais de gelo na massa, evitando textura arenosa;
  • possibilita a produção de pequenas quantidades de sorvete, fator determinando para quem trabalha com grande variedade de sabores;
  • requer higienização simples e é fácil de operar, não sendo necessária nenhuma formação específica ou experiência prévia.

Já o Mixer 15 é um equipamento intimamente relacionado à história da produção de sorvetes no Brasil. Foi por meio dele que donas de casa e pequenos produtores caseiros começaram seus negócios familiares, muitas vezes usando congeladores domésticos para armazenar a produção.

Entre as vantagens da Mixer 15, algumas se destacam, como:

  • grande capacidade de homogeneização dos ingredientes, resultando em um produto de maior qualidade e mais macio;
  • capacidade de incorporação de 10% a 20% de ar na mistura, o que não só deixa o produto mais leve, como também aumenta bastante os rendimentos da produção;
  • instalação e manutenção simples, com alimentação 220V monofásica.

Com essas duas máquinas de sorvete operando de forma conjunta, os custos de produção de uma caixa com 10 litros saem a R$ 23,40 e, essa mesma caixa, pode ser vendida por até R$ 80. Ou seja, com uma produção de 200 caixas, é possível faturar até R$16.000,00 por mês!

Picolés

Os picolés, além de muito refrescantes, possuem a vantagem de serem servidos já em porções individuais, possibilitando que os clientes escolham entre levá-los para casa, consumi-los no local ou enquanto caminham em locais abertos, como parques e shoppings.

O Kit 200 é um conjunto completo para produção de picolés artesanais de alta qualidade. Com ele você recebe um Mixer 15, uma produtora de picolés Turbo 8, um desenformador com Banho Maria para caldas e uma seladora de embalagens.

Todos os equipamentos do Kit 200 ocupam pouco espaço, são fáceis de operar e podem ser instalados na corrente elétrica doméstica. Além disso, a fácil higienização garante a segurança alimentar dos clientes.

O Kit 200 produz picolés com custo unitário entre R$ 0,10 e R$ 0,36, podendo ser comercializado a R$ 1,50. Com esses valores, é possível faturar até R$ 15.000,00 por mês!

Gelato

O gelato artesanal é conhecido por usar ingredientes sazonais e pouca (ou nenhuma) gordura, esse tipo de sorvete possui textura e sabores únicos.

O Kit Gelato é composto pela torre de resfriamento de água TR 5/10, por uma vitrine Vista — inclinada e com acabamento premium para dar destaque aos produtos — e uma máquina de sorvete Ice Clean com capacidade de produção de até 80 litros por hora.

O Kit Gelato produz um quilo (ou 10 porções) a R$ 15,00, podendo ser comercializado por R$ 90,00. Com uma venda de 150 porções por dia, o faturamento chega até R$ 40.500,00 por mês!

Sorvete Soft ou Expresso

O sorvete do tipo soft (também chamado sorvete expresso) é aquele comumente vendido em casquinhas. Recebe esse nome porque a mistura de sorvete sai da máquina na hora de servir, portante, de forma “expressa”, e possui uma textura particularmente aerada e macia (soft).

Devido sua agilidade e a pouca estrutura requerida, é bastante comum que esse tipo de sorvete seja servido em quiosques em shopping centers ou em ruas muito movimentadas.

Por apresentarem baio custo de produção e alta capacidade de serviço, esse tipo de sorvete é ideal para quem deseja atender um grande público com preços competitivos, mas sem perder sua margem de lucro.

Como vimos, existem vários tipos de máquinas de sorvete. Agora cabe a você ver qual delas melhor se encaixa no seu modelo de negócios e colocar mãos à obra!

Se você ficou com alguma dúvida ou interessado em empreender, entre em contato conosco e conheça as opções de máquinas de sorvete!