O mercado de gastronomia no Brasil vem passando por um processo amplo e profundo de modernização. Nos últimos anos, é cada vez mais comum, principalmente nas grandes capitais, que surjam estabelecimentos de nicho, voltados para um público específico.

Aproveitando esse movimento, o ramo de sorvetes também sofreu mudanças, com o surgimento de tendências fortes como o gelato.

Mas você sabe as diferenças entre gelato e sorvete?

Para ajudar você entender mais sobre esses dois produtos, preparamos este material.

Aqui você vai encontrar tudo o que precisa saber para diferenciar um autêntico Gelato Artesanal do nosso amado Sorvete. Confira!

História do sorvete

Para entendermos melhor a diferenciação entre os diferentes tipos de gelados (sorvetes, gelatos, sorbets, semifreddos etc.) é preciso que olhemos um pouco melhor para a história dessa sobremesa e como ela chegou até os dias de hoje.

Acredita-se que o que conhecemos hoje como sorvete teve sua origem na China, há cerca de 3 mil anos. Na época, a sobremesa era preparada com uma mistura de neve, mel, gema de ovo e frutas. Uma vez em contato com o doce, os árabes o chamaram de sherbeth e o trouxeram da Ásia até o continente europeu. Já no Ocidente, a iguaria evoluiu até dar origem aos famosos sorbets, uma espécie de sorvete mais leve, feito à base de água.

A tradição

Foi na Europa, porém, que se acrescentou, pela primeira vez, o leite à mistura, que era então batida em uma máquina chamada de mantecadora. A adição do leite e a técnica de mistura  foram fundamentais para conferir ao sorvete sua textura macia e cremosa que conhecemos hoje.

Na Europa, o gelato é considerado muito mais que uma sobremesa. Por possuir carboidratos, gorduras, proteínas e fibras, o gelato é visto pelos como um alimento completo. Não é raro, inclusive, vermos europeus tomando um gelato no café da manhã, especialmente nos dias quentes de verão.

As diferenças entre o sorvete e o gelato

1. O frescor dos ingredientes

O gelato é tradicionalmente confeccionado com frutas, nozes e castanhas extremamente frescas ou mesmo frutas da época, sem nada de produtos em conserva.
Inclusive, é bastante comum que o gelato vendido tenha sido produzido naquele mesmo dia.

O nosso sorvete tradicional, por outro lado, é feito muitas vezes com caldas e saborizantes artificiais, para garantir que todos os sabores estejam disponíveis o ano inteiro.

2. Sem químicos

Além de ser feito apenas com frutas frescas, o Gelato Artesanal também não recebe nenhum tipo de aditivo químico, seja conservante, aromatizante ou mesmo corante artificial.

3. Gordura do creme de leite

Os gelatos Artesanais à base de leite, como chocolate, morango e baunilha possuem Gordura a base de creme de leite, já nossos tradicionais sorvetes possuem em sua maioria a Gordura Vegetal.

Já os sabores de Gelato à base de água (também chamados sorbettos) não contêm gordura alguma.

Dessa forma, é possível apreciar toda a delicadeza de sabor das frutas da estação.

4. Menos açúcar

O sorvete tradicional também recebe doses generosas de açúcar refinado em sua preparação, o gelato contém menos açúcar refinado.

No preparo do gelato, adicionam-se as frutas e o leite a uma calda base de água e açúcar. Essa calda possui uma proporção de açúcar rigorosamente observada, e deve variar de acordo com cada sabor preparado. 

Esse equilíbrio entre água e açúcar é fundamental não apenas para realçar os sabores naturais dos ingredientes, mas também para evitar que o gelato congele durante o resfriamento.

5. Menos ar

Dependendo do tipo de sorvete que se consuma, podemos facilmente encontrar emulsões entre 50 e 110% de ar.

Já o gelato, incorpora muitos menos ar na mistura.

Essa quantidade menor de ar é crucial para que o gelato tenha sua textura característica: macio, porém mais firme e mais denso que o sorvete.

6. Mais calor

Essa talvez seja a maior diferença entre gelato e sorvete: enquanto o gelato é servido entre -12°C e -14°C, o sorvete é mantido no freezer entre -18°C e -25°C para ser posteriormente ser consumido.

Embora a temperatura mais baixa do sorvete o preserve por mais tempo e ajude a manter sua textura, o frio anestesia as papilas gustativas, fazendo com que tenhamos mais dificuldade em perceber o sabor. 

A temperatura mais alta do gelato não apenas facilita a degustação, como permite que ele permaneça cremoso.

Existem muitas diferenças entre gelato e sorvete, mas o mais importante é você ser feliz e se deliciar com sua sobremesa favorita neste calor.

Se você quiser saber ainda mais sobre o mundo maravilhoso dos sorvetes, assine nossa newsletter e receba materiais exclusivos!

Powered by Rock Convert