Quase todo mundo conhece essa iguaria típica da Região Norte que já entrou, definitivamente, no cardápio dos brasileiros.

A fruta roxinha é uma delícia e ganhou o coração e o paladar de muita gente, mas você sabe dizer quais os benefícios do açaí para saúde?

Em forma de suco, creme, vitamina ou sorvete, não importa: o açaí é considerado um superalimento por todas as suas propriedades e efeitos positivos no nosso organismo — e também na economia brasileira!

Venha saber mais sobre o assunto, entender como essa fruta ajuda a manter a saúde em dia e aprenda as melhores formas de consumi-la!

Qual a importância do açaí no Brasil?

O açaí, fruto de uma palmeira conhecida como açaizeiro, é natural do Norte do país. Amplamente consumido pelos indígenas locais há séculos, o hábito se manteve nas populações amazônicas, que incluíam a fruta na sua alimentação diária, mas de um jeito bem diferente do que fazemos hoje — a polpa acompanhava pratos com farinha e peixe, fazendo as vezes de um “feijão com arroz”.

A fruta já era um elemento fundamental da economia regional, especialmente no Pará, Maranhão, Amapá, Acre e Rondônia, sendo, inclusive, o sustento principal de várias populações ribeirinhas.

Com o boom do consumo de açaí, que se espalhou pelo Brasil inteiro a partir dos anos 1990, essa atividade se tornou uma verdadeira força nacional. Só em 2016, a fruta ultrapassou os R$500 milhões em valor de produção.

A alta demanda — e dos preços — fizeram com que a atividade extrativa da fruta ficasse mais atrativa, contribuindo para o aumento da geração de empregos e de renda em toda a cadeia produtiva. Além disso, tem crescido também a exportação do açaí para os Estados Unidos, Japão e diversos outros países.

Quais os benefícios do açaí para saúde?

Não é à toa que todo mundo começou a comer a fruta, pois, além do sabor e das possibilidades de consumo (sucos, cremes, vitaminas e geleias, por exemplo), ela é repleta de vitaminas e minerais. Veja algumas das melhores vantagens de inserir o açaí no cardápio.

Reduz o colesterol

O açaí é rico em fitoesterois, compostos que atuam na diminuição dos níveis de colesterol total e LDL (low-density lipoprotein, o que chamamos de “colesterol ruim”). Eles fazem com que parte da gordura que ingerimos seja eliminada na digestão, evitando, assim, o acúmulo de placas nos vasos sanguíneos.

Ajuda a saúde cardiovascular

Além dos fitoesterois, o açaí está repleto de antocianinas, um antioxidante responsável pela sua cor intensa.

Esse elemento também atua impedindo a formação de placas nas paredes dos vasos, evitando a aterosclerose e a formação de coágulos e melhorando a circulação de forma geral.

Combate o diabetes tipo 2

Esses antioxidantes também ajudam a regular os níveis de insulina que controlam o açúcar no sangue. Atenção: quem já é diabético precisa consumir o açaí com muito cuidado e evitar as versões industrializadas.

Colabora com a prevenção do câncer

De novo, as antocianinas mostram seu valor, atuando ao lado da vitamina E, fibras, cálcio, lipídios (monoinsaturados) e proteínas. Todos presentes em abundância no açaí, combatem os radicais livres e podem reduzir a proliferação de células cancerígenas.

Tem efeito anti-inflamatório e antienvelhecimento

Por seu alto teor de antioxidantes, o açaí ajuda a evitar o envelhecimento precoce das células e sua degeneração. Isso atua muito positivamente na saúde do corpo — com efeitos visíveis na pele!

O poder anti-inflamatório da fruta colabora com isso também, amenizando quadros de inflamação crônica (com condições desde a acne e a asma, até as doenças autoimunes).

Reforça o sistema imunológico

O açaí também é riquíssimo em vitamina C e E, potássio, cálcio e magnésio. Essa combinação é potente para manter o corpo funcionando a todo vapor e reforçar as defesas do organismo.

Protege contra o Alzheimer

Por ser anti-inflamatório e antienvelhecimento, o açaí ajuda a reduzir os efeitos degenerativos nas células nervosas, que podem abrir a porta para doenças graves, como o Mal de Alzheimer.

Ajuda na digestão

Riquíssima em fibras, essa fruta é a melhor amiga do intestino. Além de contribuir para a limpeza do organismo, as fibras presentes ajudam na assimilação de nutrientes pelo seu corpo. No entanto, é preciso ter cuidado com o exagero, pois, o consumo de fibras em excesso pode ter efeito contrário e agravar casos de constipação.

Aumenta a energia

Esse benefício não é segredo para ninguém, especialmente para os atletas. O açaí é uma fonte maravilhosa de energia por causa de seu alto nível de carboidratos e valor calórico, e o melhor: não causa picos glicêmicos, te mantendo saciado por mais tempo.

Como consumir o açaí de forma saudável?

Apesar de tantos benefícios, é preciso ficar atento para evitar os excessos que podem prejudicar o corpo e a dieta. O açaí é uma frutinha potente e, por isso, deve ser consumido com moderação.

Um problema comum é pesar a mão nos acompanhamentos, e isso acontece mais entre quem é fã da versão em creme, o famoso “açaí na tigela”, normalmente vendido com diversas opções de complementos, como leite em pó, leite condensado, chocolate, pasta de amendoim etc.

Sendo assim, prefira montar combinações mais saudáveis, como granola, aveia, mel e as frutas frescas — morango, kiwi e banana, por exemplo, caem muito bem com o creme de açaí geladinho.

Já no caso dos sucos e vitaminas, dose a adição do xarope de guaraná e do açúcar.

Bater a polpa com uma banana madura ou com suco de laranja fresco pode ser o suficiente para adoçá-la!

O açaí é um fruto superpoderoso, gostoso e refrescante e um forte aliado do nosso corpo e mente. Ele já se tornou um tesouro nacional e não parece que essa tendência acabará tão cedo — se tornando uma excelente opção para quem quer investir nesse mercado.

Gostou de saber quais os benefícios do açaí para saúde? Que tal contar para os seus amigos também? Compartilhe este artigo em suas redes sociais!